quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

É nataaaalll!!!

Estava eu, mais uma vez, ouvindo aquele programa do rádio que eu gosto. FELIZMENTE, ao invés da Solange Frazão, uma nutricionista é que falava sobre o que comer no natal. Fiquei triste em não saber o nome dela, porque o que eu queria mesmo era rasgar seda pra ela!

Quanto bom senso!!!

Bom, vou explicar: Ela disse que ninguém precisa se trancar no quarto para fugir das guloseimas de natal. Basta comer uma fatia de panetone, ao invés de comer metade dele, por exemplo. Simples assim.

O que ela quis dizer com isso, na verdade, ultrapassa os conceitos de "engordar", "emagrecer", "alimentação" e "nutritivo". Ela quis dizer que não é preciso fugir do amor, da família e dos amigos em nome da beleza e saúde. Que basta ter bom senso!

Isso me lembrou de um papo que tive há uns dias, onde eu e uma amiga falávamos-mos sobre as avós! Porque comida de vó é sempre mais gordurosa e a sobremesa sempre tem mais açúcar! Me diga: você vai deixar de comer a comida da sua avó no almoço de domingo por causa disso? Cozinhar para a família passa a ser um gesto de amor, já que deixou de ser rotina.

Comida também envolve questões sociais, culturais, sentimentais... Vai se trancar no quarto durante o natal? Solange Frazão diria pra você se trancar no quarto e ir correr na esteira... Hahahahahah

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

XI Congresso Brasileiro de Higienistas de Alimentos - 26 a 29/04/2011 - Salvador

Tem alguém já com saudade de Salvador aí? Entao prepara para o ano que vem, pq o Higienistas de alimentos 2011 vai ser lá! Como sempre, a vantagem de poder enviar resumo expandido ao invés de resumo simples, pra um congresso que apesar do nome, aceita resumos de tudo que é tipo de assunto. Ecletiquíssimo!!! Bom, envio dos trabalhos até dia 15/01. E tem que aproveitar que ainda tá barato... Não percam! Já vou pensando em alguma coisa pra mandar... heheheh

IV Ciclo de Seminários de Integração Acadêmica do NUTES/UFRJ. - 24/11/2010 Rio de Janeiro

Esse não tem link, mas nem precisa! ALIMENTACIÓN, SALUD Y CULTURA: LA OBESIDAD COMO PROBLEMA SOCIAL? Palestrante: Profa. Dra. Mabel Gracia Arnaiz (Univ. Rovira i Virgili - Espanha). Data: 24/11/2010 Local: Sala A1-047 (Salão Azul - IB/UFRJ) CCBS Horário: 14:00h

Fofoca nerd

Ah, fofoquinha nerd! Acabei de chegar de Salvador, onde estive para o CBCTA 2010. Foi lindo!!! Mas... Muita gente passou mal! Nossa! Todo mundo com diarréia e vômito (muuuito vômito). Teria sido o tal pãozinho delícia? Pronto, fofoca feita! hehehe

Mestrado e Doutorado em Ciência de Alimentos na UFRJ - 2011

Formandinhos e formandinhas viciadinhos em ciência de alimentos: SAIU O EDITAL PARA O MESTRADO E DOUTORADO NA UFRJ! Tá tudim no link do título, é só entrar lá! E só pra constar: a seleção para esta área na UNICAMP já acabou e a da UFRRJ (Rural) já ta rolando!

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Semana da Alimentação Carioca 2010 - 11a 16/10/2010, no Rio de Janeiro

Programação legal!!! Vou participar na quinta-feira, na cinelândia, no estande do SESI - Cozinha Brasil! O evento é super de graça e pra levar a família!

domingo, 10 de outubro de 2010

E aí, vamos almoçar aonde?

Tenho uma amiga que faz estágio de controle de qualidade numa lanchonete famosa aqui do RJ. Ela tem me ensinado muito, me contado sobre as lojas famosas que estão sem controle e tal... Ahh, mas é difícil sair para almoçar com ela, sabe! Frequentemente íamos jantar no shopping Tijuca, mas agora ela chega lá e diz: "E aí? Vamos comer no que tem cozinha suja, no que tem comida com prazo de validade vencida, ou no que tem ratos?" =s Totalmente broxante!!! Mas a verdade é que ela está certa. As opções estão acabando! Os restaurante famosos têm aparecido todo fim de semana nos jornais por problemas sanitários. Eca. No shopping Tijuca, um rato caiu na mesa de um consumidor, e então as cozinhas dos restaurante foram visitadas pela Decon (Delegacia de Defesa do Consumidor). Acha que o local problemático era o quiosquinho de doces da tia Maria? Nããão! Eram o Viena, Montana Grill, Grande Muralha, Camarão & Cia e o Doce Delícia. É, precisou CAIR UM RATO NA MESA! Já no Barra Shopping, em outra operação, estavam o Benkei, Bibi Sucos, Oriento, Buonasera e o Burger King, com 90% DO QUEIJO passado da validade! Eca! =s O Bibi Sucos do shopping Rio Sul está temporariamente fechado para troca do piso da cozinha. Seeei... (esse não tem link, é só passar na porta do restaurante e ver o bilhete deixado pela gerência). Até as criancinhas com necessidades especiais estão recebendo comida com BRINDE! (seria um kinder ovo de barata?) A Vigilância fechou um restaurante fornecedor de quentinhas com baratas para um colégio, o Centro de Desenvolvimento Humaitá. É... Melhor comer num restaurante desse e se enganar ou comer um podrão e ter certeza? A acho que eu perdi até a fome...

Solange Frazão e suas abobrinhas... Aff...

Sempre que estou indo para a aula de manhã (não tão cedo quanto deveria, eu confesso), vou no ônibus escutando um programa na rádio Transamérica ou estudando qualquer coisa aleatória ao invés de estudar o que realmente eu deveria estar estudando. Ok. Infelizmente, esse programa que eu tanto gostava vem sendo patrocinado pela PSEUDO PHD EM NUTRIÇÃO Solange Frazão. Aff... Como me irrita!!! Tudo bem, eu agüento. Porém, um belo dia, ela se tornou a entrevistada do programa. Tudo bem quando ela fala pequenas besteiras, como recomendar as milagrosas balas de colágeno. AAAAAHHHHH, SÓ FALA M$%@*&!!!! Esta criatura teve a CORAGEM (sim, porque tem que ser patrocinada pelo demo pra falar coisas assim) de dizer que ALMOÇOS EM FAMÍLIA ENGORDAM!!!! A brilhante explicação dela é que naqueles almoços familiares de domingo você fica mais tempo na mesa e come mais, e isso é RUIM (sim, ela usou essa palavra, e sim, estou realmente me controlando para não falar palavrões cabeludos). sociedade, onde os familiares mal se vêem, e que muitas vezes O ÚNICO MOMENTO EM QUE O LAÇO FAMILIAR É POSTO EM PRÁTICA É RUIM??? Bom, ok, estou me acalmando... Mas vamos entender: ela quis mesmo dizer que, na nossa atual RUUUIIIMMM!!!! AAAAAAAHHHH!!!! Obviamente que essa foi apenas uma das várias besteiras que ela falou. Desliguei o rádio e fui ler a matéria de Dieto Infantil. =[

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

A (má) fama do açaí

Dessa vez nada de grandes revoltas contra o sistema não. To aqui só p lembrar que o coitado do açaí só é do mal porque tá cheio de xarope de guaraná (do mal) ou xarope, calda, e blablablá de qualquer coisa. É, gente... Infelizmente calda de kiwi não é porção de frutas... hahahahaha Falando com uma amiga que adora açaí, descobri que é quase impossível pedir nas lanchonetes um açaí sem xarope! Os atendentes, coitados, acham que não vai dar certo! Claro, não devem ser paraenses, senão saberiam... Ela teve que dizer que é diabética para o rapaz TENTAR fazer sem calda (sim, ela também é nutricionista). Que bom que nós nutricionistas sabemos, , que é só adoçar com fruta, granola... Sabemos, ? (o coitado do amigo de "Jesus Manero" aí da foto que me desculpe, mas depois não me venha reclamar no meu ouvido e me pedir pra fazer dieta p ele...) (olha a mulher na foto só olhando... será que é nutricionista?)

Catequizando a base

Estava eu andando pelos corredores da Escola de Nutrição da minha querida universidade, quando dou de cara com uma cartaz super atraente, convidando para o programa "Jovens Nutricionistas" de uma grande empresa de alimentos (enoooorme empresa - certamente você confia nela e tem 40% da sua despensa dessa marca). Legal! é uma grande indústria e eu, obviamente, fui em busca de detalhes. Olhando o site, nooossa, que sujeira! estão recrutando nutricionistas EM FORMAÇÃO para estagiar em hospitais com dietas enterais e parenterais!!!! Querem catequizar NA CARA DE PAU!!!!! Sairão de lá jovens nutricionistas, recém-formados, e com a lista de produtos (dessa empresa, claro) para serem utilizados nos hospitais. É. Na cara de pau. Pior é que ainda tem gente que topa.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Ai ai... To aqui embasbacada com uma coisa que ouvi no fim de semana... Sempre parti do princípio "penso, logo misturo", sempre dei asas à interdisciplinaridade e sempre achei a limitação disciplinar um negócio careta e retrógrado. Eis que uma amiga minha me contou, em tons de desabafo (na lapa, em pleno sabado à noite), que sua linda dissertação de mestrado não gerou artigos científicos respeitosos porque era interdisciplinar demais. As revistas de "Neuro" não se interessaram muito porque ele era ligado à nutrição, e as de nutrição não se interessaram tanto porque ele falava de "neuro". Que coisa. Estou chocada até agora. Quer dizer que quem tem um pensamento mais amplo, que não se rende aos "limites disciplinares", não gera conhecimento??? É isso que chamam de ciência??? E eu? Devo me render a isso? Acho que não.

XII ENCONTRO DE NUTRIÇÃO DO HCE - 27/10/10 no Rio de Janeiro

Eeeeeiiii!!! Voltei! Hahahahaha Ó, JURO que tentei anexar o cartaz, mas vou colar as informações aqui. Também não tem link. Mas seguimos em frente!

XII ENCONTRO DE NUTRIÇÃO DO HCE

27 de OUTUBRO de 2010

08:00 – 08:30 Credenciamento

08:30 – 08:45 Abertura

08:45 – 09:45 Miostatina como Moduladora Negativa do Ganho de Massa Muscular: Perspectivas Clínicas e Esportivas

Nutricionista e Educador Físico Tiago Leite

09:45 – 10:15 Coffee Break

10:15 – 11:15 Nutrição e Doença Renal Crônica: Prevenção e Tratamento

Nutricionista Juliana Dantas

11:15 – 12:15 Segurança dos Alimentos: Controle de Qualidade

Nutricionista Márcia Madeira

12:15 – 13:00 Almoço

13:00 – 14:00 Guia Prático para Elaboração de Cardápios

Nutricionista Taíssa Torres

14:00 – 15:00 Terapia Nutricional no Paciente em UTI

Nutricionista Nara Lopes

15:00 – 15:30 Coffee Break

15:30 – 16:30 Manejo Nutricional na Criança Criticamente Enferma

Nutricionista Patrícia Padilha

16:30 – 17:00 Encerramento e Entrega dos Certificados

Inscrição: 3891-7157 (07 às 12hs) ou www.hce.eb.mil.br Local: Auditório Dr Ismael da Rocha Hospital Central do Exército Rua Francisco Manuel, 126 - Triagem - RJ (Trazer 2 Kg de Alimento Não Perecível)

APROVEITEM!!!

Bjs

domingo, 20 de junho de 2010

II Encontro de Nutrição Clinica e Funcional e Medicina do Rio de Janeiro - 13 e 14/08/2010 - Rj

Prazo para envio de trabalhos – 30/06/2010 (aaah, tem premiação para o melhor trabalho, heim!!!)

Prazo de inscrições com desconto – 09/08/2010

(to meio sem tempo de escrever hj...)

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Agricultura urbana

Ai gente, estava eu no Conbran doida pra voltar para o hotel, quando de repente uma mulher me pára falando que iria ter uma visita a uma horta comunitária e demosntração de como fazem compostagem. QUIQUEI de animação!!!

Bom, gente, pra explicar: isso tudo faz parte de um projeto (da Cepagro) de agricultura urbana que funciona lá em Santa Catarina. Fiquei de cara. Quem viu também ficou. A horta era linda, num terreno cedido pela Eletrosul (em baixo de torres de luz), e cada familia (participante do projeto) da comunidade é responsável por uma área da horta. O projeto desisncentiva o uso de agrotóxicos, e principalmente de adubos quimicos, já que trabalham com compostagem (falarei disso no próximo post).

Depois de me encantar com a ideia e contar pra todo mundo , ouvi muita gente dizer "poxa, pena que não dá pra fazer em apartamento..." Gente: DÁ PRA FAZER EM QUALQUER LUGAR!!! vasos de plantas, baldes quebrados, garrafa PET, e até em caixa de leite (tem na foto, repara só). Não tem mais desculpa pra não fazer! Não tem mais desculpa pra dizer que orgânico é caro! Sei que você pensou logo em plantar mangericão, salsinha e cebolinha, mas porque não plantar rúcula? Pois é. Plantei espinafres! Lindo, né?

O que a produção da querida carne vermelha faz no mundo

Gente, ando muito ecológica... rsrsrs Ando lendo coisas por aí e não tô me aguentando! Olha só essa:

"— A melhor forma seria diminuir a produção de metano por unidade de produto, por quilo de carne e quilo de leite produzido. Qualquer medida que o produtor tome na propriedade que resulte em aumento da produtividade acaba diminuindo a produção de metano por unidade de produto. Se ele fizer melhoramento de pastagem, melhoramento genético, nutrição melhora este indicador. Se você aumentar o ganho de peso deste animal, o tempo que este animal vai demorar para ser abatido é menor. Então, se você diminui o tempo de abate, ele vai ter menos tempo de produzir metano. Por quilo de carne, você está produzindo menos metano. Sem trabalhar com o metano, em si, mas melhorando a eficiência do processo produtivo e o ganho de peso, nós já conseguimos baixar a produção de metano em 30% nos últimos anos. A pecuária tem sido muito atacada por esta questão ambiental, mas a sociedade tem que entender a problemática do aquecimento global como um desafio. " (Juliana Royo)

Bonito, né? Achei lindo também. MAAAASSS, se você pode produzir a mesma coisa em menos tempo, PORQUE NÃO AUMENTAR A PRODUÇÃO??? É, gente, o mundo é feio e movido a dinheiro.

Artigo completo, no link.

domingo, 6 de junho de 2010

Enenut 2010 - 18 a 24/07 - Floripa

É isso aí, pessoas, Enenut tá chegando e eu tô muito afim!!! Será que vai ter ônibus de graça? Heim? Heim? Heim? Diretóóório!!! Como é que tá andamento da solicitação??? só vou se tiver ônibus... hehehehe Sabe como é, né, ainda tô passando pela "falência pós-Conbran"! rsrsrs Bom, o tema é "(RE)formemos a (DE)formação profissional" (adoro trocadilhos, vcs sabem), e o preço tá R$150,00 com camiseta até dia 17/06. A programação e outras informações estão no link.

sábado, 5 de junho de 2010

Palestra Pós-Colóquio Educação, Alimentação e Cultura - 24/06/2010 - Rio de Janeiro

Repassando e lembrando que é o IFCS é o campus da UFRJ que fica no Centro (Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, se não me engano).

C O N V I T E:

O Núcleo de Tecnologia Educacional para a Saúde da Universidade Federal do Rio de Janeiro promove no próximo dia 24 de junho, quinta, às 10 horas no Salão Nobre do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (Largo de São Francisco de Paula, 1 - Centro) a palestra "Educação, Gastronomia e Cultura: experiências em escolas municipais do Rio de Janeiro" com a participação da chef Teresa Corção, diretora do Instituto Maniva.

Esta palestra acontece dois meses após o Colóquio Educação, Alimentação e Cultura, o qual contou com a participação de 180 pessoas de 10 diferentes Estados, de 23 Instituições de Ensino Superior, de gestores municipais e estaduais nas áreas de saúde e de educação, além de professores e alunos. O Colóquio foi uma rica oportunidade para trocas e diálogos sobre estes temas e com esta palestra "pós-colóquio" espera-se dar continuidade à estas discussões.

Você é nosso convidado!

Os trabalhos apresentados nas comunicações orais e algumas palestras serão disponibilizadas na Internet a partir de meados de junho, visite http://www.nutes.ufrj.br/coloquio.

Palestra Pós-Colóquio:

Educação, gastronomia e cultura: : experiências em escolas municipais do Rio de Janeiro por Teresa Corção, chef e diretora do Instituto Maniva (http://www.institutomaniva.org)

24 de junho, quinta, às 10 horas Salão Nobre do IFCS, Largo de São Francisco de Paula, 1 - Centro

Núcleo de Tecnologia Educacional para a Saúde - UFRJ e-mail: pesquisa.nutes@gmail.com tel.: 21 2562 6347 begin_of_the_skype_highlighting 21 2562 6347

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Que peixe é esse que você come e prescreve?

Ainda sobre o papo da falta de conhecimento da origem dos alimentos que prescrevemos como sendo saudáveis, acabei de ler sobre pescados contaminados. Olha só que coisa, falamos tanto deles como fonte de ômega isso, ômega aquilo, etc, etc, mas e aí? Em que água esse peixinho morou? Que aguinha ele bebeu? O que ele comeu? Sim, porque até onde eu sei, muitos dos nossos peixinhos vêm da baia de Guanabara (huuum, que delícia)! Alguém sabe se temos criadouros, piscicultura ou algo do tipo aqui no estado? Sério, se souberem que tem, me contem! Em Santa Catarina existe um curso universitário na UFSC de engenharia de aquicultura, mas SC é o maior distribuidor de ostras e afins do Brasil. Lá os mariscos tem certificação e tudo! Muito chique. E aqui, tem esse tipo de coisa? Não sei... Li um artigo de uma pesquisadora da região centro-oeste, e mais do que falar sobre a contaminação no "viveiro", falou também sobre as condições higiênico-sanitárias durante a própria pesca. Uma vez uma amiga (leiga), moradora de Paquetá, falou que jamais come tainha porque ele come lixo orgânico no mar, e o vendido aqui é pescado na baia de Guanabara. Fiquei triste poruqe adoooro tainha na brasa, e apesar de até hoje não saber ao certo o que a tainha come, fiquei com a imagem na cabeça de "peixe pescado na baia de Guanabara". Bom, vou colar os trexos mais interessantes do artigo, e quem quiser a íntegra, tá no link do post! "Apesar de conter nutrientes essenciais para alimentação humana, o pescado também pode veicular uma gama enorme de microrganismos patogênicos, a maior parte deles fruto da contaminação do ambiente ou pelo manuseio inapropriado. Dentre os agentes transmitidos por pescado encontram-se os endoparasitos, as biotoxinas, os poluentes químicos e metais tóxicos. Alguns contaminantes podem causar uma pequena e passageira intoxicação alimentar, enquanto outras substâncias (como as biotoxinas) podem provocar um problema neurológico grave.

O ideal seria apenas consumir pescado de lugares com garantia de origem comprovada, de produções ou extrativismo livres de contaminantes e de águas não poluídas. Porém, isso se torna quase impossível no mundo atual. Assim, algumas medidas poderiam minimizar a contaminação do pescado, ou mesmo impedir a veiculação de certas doenças, diminuindo o risco de ingestão de um produto contendo algum tipo de patógeno ou toxina, como: cuidados na manipulação do pescado desde sua captura ou despesca, utilizando-se estruturas bem higienizadas, funcionários asseados e manejo dos peixes de forma a garantir o mínimo de injúrias e cortes na pele, evitando-se a contaminação do músculo; higiene no recebimento do produto; todas essas atividades devem ser realizadas com o uso de gelo e o armazenamento deve ser imediato, em temperaturas próximas de zero graus celsius, sob refrigeração constante.

Baixas temperaturas inibem a ação prejudicial dos microrganismos e de suas enzimas proteolíticas (que degradam a proteína). Porém, alguns tipos de pescado podem sofrer alterações de sabor e cor durante a estocagem congelada, por isso mais estudos aplicados nessa área devem ser realizados no intuito de garantir não só segurança alimentar, mas também qualidade sensorial do pescado refrigerados e congelados."

(Fabíola H. S. Fogaça - pesquisadora da Embrapa Meio-Norte)

Que tipo de nutricionista eu quero ser?

Chegamos do Conbran não tem nem uma semana (eu e uma galerinha), e tenho trilhõõões de coisas relacionadas direta ou indiretamente para postar. Sim, sim, vou colocando aos poucos, porque minha máquina de fabricar tempo está com defeito (que triste). Uma das coisas das quais discutimos lá foi a falta de conhecimento mínimo de agricultura pelos nutricionistas.

Então eu me (e TE) pergunto: adianta tirar a casca dos alimentos para evitar consumo de agrotóxicos? Como os agrotóxicos funcionam? Eles necessariamente nos farão mal? Andei pesquisando por aí com quem entende de verdade (e não com quem acha que entende), e tive respostas inesperadas! Pedi um material para um desses que entendem e em breve falarei disso novamente.

Outra pergunta que me (e TE) faço: Qual é o real impacto dos transgênicos na nossa vida? Será só um risco na alimentação? (se é que existe o risco, porque até agora ninguém sabe, né) E a contaminação pela polinização cruzada na agricultura? E o pontencial alergênico que é transferido a cultivos que não ofereciam esse risco antes da transgenia? (sim, também andei pesquisando sobre isso com não-nutricionistas, porque nutricionistas só me deram respostas prontas e decoradas)

Agora a pergunta principal (que ME faço e TE faço): porque raios os nutricionistas não tem a menor idéia das respostas para essas perguntas? Tudo isso não envolve alimentação, nutrientes e blábláblá? Pois é.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

2ª Jornada de Atualidades em Nutrição - 19/06/2010 - Salvador

É isso aí, é na Bahia mesmo! Aaaahh, vai que tem um coleguinha nordestino vendo o blog!!! Daqui a pouco tô internacional, cês vão ver só! hehehe É barato, é um dia só, e sei que fica complicado a getne sair daqui do RJ para aproveitar só um dia de evento. MAAASSS, é bom saber que existe, bom saber que funciona, bom saber que quem organizou foi uma TURMA DE FORMANDOS DE UMA UNIVERSIDADE PARTICULAR!!! E a gente aqui só reclama, heim... Fizeram um evento construtivo, acessível à todos, e que provavelmente terá renda revertida para a festa de formatura (tô supondo, heim, galera! ninguém me disse nada não! se eu estive errada é culpa minha, só minha, e mesmo assim achei boa idéia!)

Expo Nutritions Convention - 16/07/2010 - Pier Mauá, Rj

Evento realizado pela ABEN aqui no Rj (no Pier Mauá), congresso de um dia só, mas com eventos paralelos (mais relacionados a esportes). Achei meio caro, já que é um dia só, mas como temos poucos eventos sobre o assunto... é bom aproveitar!

sábado, 22 de maio de 2010

Deu preguiça de ler a notícia inteira???

Você não PRECISA ler. Precisar, não precisa. Mas ela está aí para repensarmos no que estamos consumindo e que tipo de alimento recomendaremos aos nossos pacientes. Não estou aqui para dizer se é bom, ou ruim. O exercício da crítica faz parte do processo de aprendizagem de cada um, e sem ela (a crítica pessoal) o conhecimento passa a ser apenas repetição do que dizem por aí. LEIAM, CRITIQUEM E FORMEM SUAS PRÓPRIAS OPINIÕES!

CTNBio se prepara para aprovar arroz transgênico

CTNBio se prepara para aprovar arroz transgênico

Carta Maior, 12/03/2009. Depois da soja, do milho e do algodão, órgão responsável pela liberação de transgênicos no Brasil deve aprovar uma variedade de arroz modificado desenvolvida pela transnacional Bayer. Novo transgênico é resistente ao glufosinato de amônio, herbicida proibido em diversos países.

Data: 12/03/2009

RIO DE JANEIRO – Depois da soja, do milho e do algodão, chegou a hora do arroz transgênico. A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), órgão responsável pela liberação de organismos geneticamente modificados no Brasil, marcou para o dia 18 de março uma audiência pública com o objetivo de discutir o pedido de liberação comercial feito pela transnacional de origem alemã Bayer CropScience para uma variedade de arroz transgênico desenvolvida pela empresa. O anúncio da audiência foi recebido com repúdio pelo movimento socioambientalista, pois o arroz transgênico da Bayer foi modificado para se tornar resistente ao glufosinato de amônio, um herbicida proibido em diversos países devido aos riscos que traz à saúde humana. O glufosinato de amônio foi banido pelo Parlamento Europeu em uma decisão tomada em janeiro deste ano. O herbicida, ao lado de 21 outras substâncias, foi considerado pelos parlamentares como “carcinogênico, mutagênico e tóxico à reprodução”. Os deputados europeus tomaram como base um estudo desenvolvido pela Autoridade Européia em Segurança Alimentar (EFSA, na sigla em inglês), que afirma que o glufosinato “representa grande risco para mamíferos”. A substância, também banida no Japão, é apontada pelos cientistas como causadora de abortos, nascimentos prematuros e morte intra-uterina em ratos de laboratório. Apesar da reprovação científica, o glufosinato produzido pela Bayer, sob as marcas Liberty e Basta, é um dos herbicidas mais vendidos do mundo. Os mercados dos Estados Unidos e da América Latina garantiram à empresa em 2007 um faturamento de 241 milhões de euros. O mercado brasileiro é um dos maiores alvos da Bayer desde que a CTNBio aprovou a liberação comercial do milho transgênico Liberty Link, desenvolvido pela empresa. Questionada no Conselho Nacional de Biossegurança (CNBS) pelo Ibama e pela Anvisa, a liberação do milho Liberty Link acabou sendo confirmada no ano passado. Em nota divulgada no fim de fevereiro, as organizações reunidas na Campanha por um Brasil Livre de Transgênicos afirmam que “está se armando uma verdadeira invasão de sementes transgênicas de milho no país”. Segundo a organização AS-PTA, das 261 novas cultivares registradas desde 2008 no Ministério da Agricultura, 146 são transgênicas. Isso significa que, já na primeira safra desde a liberação do milho da Bayer, cerca de 56% das sementes que entrarão no mercado são transgênicas. “Este fato não é sem explicação e nem sem nefastas conseqüências. A causa desse fenômeno é simples: o mercado de sementes comerciais no Brasil sofreu, ao longo da última década, um incrível processo de concentração e transnacionalização. Hoje, um pequeno grupo de empresas transnacionais, a maioria das quais atuando também no setor de agrotóxicos, domina o mercado”, afirma a nota divulgada pela Campanha por um Brasil Livre de Transgênicos. Com a possibilidade da liberação também do arroz transgênico da Bayer, o movimento socioambientalista teme que o Brasil seja invadido de vez pelo glufosinato, o que traria conseqüências óbvias à saúde da população. Na internet, o Greenpeace disponibilizou um link onde os internautas podem enviar mensagens para pressionar os membros da CTNBio. Até terça-feira (10), mais de dez mil mensagens já haviam sido enviadas: “A Bayer ronda o arroz com feijão nosso de todo dia com sua semente transgênica”, afirma a convocação feita pelas ONGs. Cartas marcadas Subordinada ao Ministério da Ciência e Tecnologia, a CTNBio é claramente dominada, desde sua criação, por setores mais ligados à indústria de biotecnologia e menos preocupados com questões ambientais ou de saúde humana. Depois que diminuiu de dois terços para maioria simples seu quorum mínimo de aprovação em votações, a comissão virou uma máquina de aprovar transgênicos, para desespero daqueles que defendem a adoção do princípio da precaução no que se refere aos organismos geneticamente modificados. A postura pró-transgênicos da CTNBio deve se aprofundar em 2009. As vagas hoje disponíveis na comissão serão preenchidas pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende, que já afirmou que “não aceitará certas indicações” feitas pelos ministérios. Os alvos de Rezende são os representantes indicados pelos ministérios da Saúde, Meio Ambiente (MMA) e Desenvolvimento Agrário (MDA), que vêm adotando postura mais cautelosa frente aos transgênicos nas discussões travadas na comissão. Na única reunião da CTNBio realizada este ano até o momento, alguns membros discutiram o objetivo de simplificar ainda mais as regras internas da comissão, que foram aprovadas no ano passado após um longo processo de consulta pública. Um grupo chegou a sugerir ao presidente da CTNBio, Walter Colli, a adoção de um procedimento “fast track” para liberações de campos experimentais. Também foi sugerida a importação do modelo adotado nos EUA, no qual as empresas são obrigadas apenas a notificar o governo informando que realizaram um plantio experimental com determinado transgênico e em determinada região.

::

http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=15819

Prêmio Panamericano Bimbo 2010

Gente, achei muito legal! Concurso de pesquisas em Nutriçaõ Humana e Ciência e Tecnologia de Alimentos, e o prêmio é de 5.000 DÓ-LA-RES! Ui, que delícia! Os trabalhos devem ser enviados em inglês e espanhol, e as temáticas apesar de serem arpesentadas como "Nutriçaõ Humana e Ciência e Tecnologia de Alimentos", são bem subdivididas eenvolvem uma gama enorme de assuntos:
  • Nutrición Humana:
    • Cereales, granos y su papel en la alimentación.
    • Nutrimentos y su papel en la salud.
    • Fortificación/enriquecimiento de alimentos y biodisponibilidad de nutrimentos.
    • Alimentos funcionales y su efecto en la salud
    • Nutrición en las etapas de la vida.
    • Nutrigenómica y nutrigenética.
    • Proyectos de educación en nutrición.
    • Determinantes socioculturales en la elección de alimentos en diferentes poblaciones.
    • La salud y su relación con la ingesta o deficiencia de nutrimentos.
    • Bioquímica nutricional.
    • Malnutrición por deficiencia o por exceso.
  • Ciencia y/o Tecnología de Alimentos:
    • Procesos para prevenir pérdidas nutrimentales.
    • Nuevos métodos para optimizar la preservación de alimentos.
    • Procesos de producción y conservación de alimentos orgánicos.
    • Procesos tecnológicos que agreguen valor a los productos regionales/locales.
    • Enzimología aplicada a la producción de alimentos.
    • Nanotecnología aplicada a la elaboración de alimentos procesados.
    • Desarrollo de modelos de vida de anaquel
    • Desarrollo e innovación en empaques para alimentos.
    • Desarrollo de productos alimenticios con un mínimo procesamiento
    • Desarrollo de alimentos industrializados con nuevos ingredientes funcionales
    • Biotecnología y producción de alimentos
    • Estudio de producción de aditivos alimentarios naturales (colorantes, aromatizantes, conservadores).
    • Inocuidad de alimentos
Sério, me deu até um arrepio! hahahahah

quinta-feira, 6 de maio de 2010

II Semana de Nutrição da UFRJ - 10 a 12/05/2010 - RJ

Evento organizado pelo CA de Nutrição da UFRJ. Gente, tá aí uma iniciativa que falta na Unirio, heim! Cadê a galera para montar um evento legal??? Vamos prestigiar!

II Semana de nutrição UFRJ

A semana de Nutrição consiste em três dias de trocas de conhecimentos e experiências na área acadêmico-científica, educacional e de extensão por meio de metodologias integradoras atuais. Temos por objetivo criar um momento de reflexão sobre o papel social da Universidade na semana de Nutrição, que consiste em três dias de trocas de conhecimentos e experiências na área acadêmico-científica, educacional e de extensão. A I Semana contou com 348 participantes, 3 mini-cursos e 3 conferências. Nesta II Semana teremos como tema os avanços, experiências e perspectivas na Área de Alimentação e Nutrição. Os palestrantes convidados abordarão aspectos inovadores referentes às áreas clássicas de atuação do Nutricionista, além dos novos campos de atuação deste profissional como utilização de Fitoterápicos. A II Semana de Nutrição contará com 4 mini-cursos e 3 palestras. Inscrição: R$ 20,00 (somente palestras) Cada Mini-Curso: R$ 10,00 Inscrevam-se já em http://www.cajc.com.br/

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Tadinha de mim

Ai,ai,ai... Sabe-se-lá-deus-porque, quando colo texto na postagem posso arrumar, ajeitar, enfeitar, mas de nada adianta... Ele sai todo cacalhado, grudadinho, e estranho... Alguém sabe resolver isso? Alguém? Alguém? =[

Escolas da Zona Oeste do Rio têm oficinas culinárias para estimular a alimentação saudável

Um amigo jornalista me deu a brilhante idéia de divulgar notícias também! O que vocês acham? Escrevam nos comentários, me falem pessoalmente, sei lá! (não sou boa leitora de sinais de fumaça... hihihi). Esse evento aí tá acontecendo hoje (05/05/10), mas acabei de receber a notícia, assim, suuuper em cima da hora... Bom, vai servir para sabermos que esse tipo de trabalho existe e que podemos participar! Basta entrar em contato com o responsável que assina a notícia!

Escolas da Zona Oeste do Rio têm oficinas culinárias para estimular a alimentação saudável

Amanhã, dia 5 de maio, oito escolas da rede municipal de ensino em três bairros da Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro vão promover oficinas culinárias com os professores do primeiro ciclo (1° ao 4° período do ensino fundamental). O objetivo é mostrar aos educadores como eles podem contribuir para estimular o consumo de frutas, legumes e verduras no ambiente escolar. As oficinas serão realizadas por integrantes da equipe do projeto Construção de uma Estratégia de Intervenção em Nível Local para Promoção do Consumo de Frutas, Legumes e Verduras, liderado pela Embrapa Agroindústria de Alimentos, com a parceria do INAD, UERJ, INCA, 9ª e 10ª CRE, Fundação Xuxa, e as escolas, entre outros.

As oficinas serão realizadas em três escolas em Santa Cruz (EM Aldebarã, EM Otelo de Souza Reis e CIEP Maestro Heitor Villa Lobos), três unidades em Campo Grande (EM Almirante Saldanha da Gama, EM Santa Isabel e CIEP Raymundo Ottoni de Castro Maya) e duas em Guaratiba (EM Professora Leocádia Torres e EM Professora Maria Helena Sampaio Marques). Constam da programação dinâmicas de apresentação e entrosamento, apresentação de receitas e de seu preparo, oficina de lanches, sua degustação e avaliação.

O objetivo da atividade é trabalhar o papel do educador na alimentação infantil, demonstrando a possibilidade de utilização da sala de aula na abordagem da alimentação saudável e outras formas de trabalhar o tema e inseri-lo no projeto político pedagógico das escolas.

Este projeto também realizou ações de promoção do consumo de frutas, legumes e verduras em áreas de atuação do Programas de Saúde da Família, em pontos de venda de hortifrútis e em empresas da região.

Jornalista João Eugênio (Mtb 19276)

Embrapa Agroindústria de Alimentos

Tel. 3622-9737 / 9424-2162

terça-feira, 4 de maio de 2010

3º Congresso Brasileiro de Gastronomia & 1º Simpósio Regional de Ciência e Tecnologia de Alimentos. 10 a 13/08/10 em Brasília

Pessoooasss, mais um do SBCTA!!! De olho nos prazos! O Centro de Excelência em Turismo da Universidade de Brasília e a Secretaria Executiva da Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos do Distrito Federal (sbCTA-DF) convidam todos os profissionais, pesquisadores e acadêmicos da área de alimentos para participarem do 3º Congresso Brasileiro de Gastronomia & 1º Simpósio Regional de Ciência e Tecnologia de Alimentos.

Data: 10 a 13 de agosto de 2010

Local: Embrapa (Sede) – Brasília/DF

Áreas contempladas: Gastronomia, Turismo e Cultura, Ciência e Tecnologia de Alimentos, Nutrição, Produção Agronômica Regional e Tecnologia Pós-colheita.

Data limite para o envio dos resumos expandidos: 07 de junho de 2010

A chamada para envio de trabalhos científicos e outras informações sobre o evento podem ser encontradas no site www.gastronomiasbcta.com.br

Comissão Técnico-Científica

Contatos: contato@gastronomiasbcta.com.br

(61) 3107-5986 begin_of_the_skype_highlighting (61) 3107-5986

terça-feira, 13 de abril de 2010

II Ciclo de Palestras sobre Alimentos Funcionais - Rio de Janeiro - 16/04/2010

Esse foi a Nataly que nos enviou! Evento de um dia só, baratinho, baratinho. R$20,00 p estudante e R$30,00 para profissionais. Na UFRJ (campus do Fundão), das 8:30 às 17:00. Mais informações, no link! (para os desavisados, é só clicar no título)

sábado, 10 de abril de 2010

ETERNU 2010 - Simpósio de Terapia Nutricional - 7 e 8/05 no Rio de Janeiro

Gente! Aqui no RJ!!! Vai se no Centro de Convenções do CBC, nos dia 7 e 8 de maio. Fazendo a inscrição até o dia 15 de abril, estudantes de graduação pagam R$45,00, e depois disso, R$60,00. O simpósio está aberto a nutricionistas, farmacêuticos, fonoaudiólogos, enfermeiros e médicos. (E eu de olho no Ato Médico!)

quarta-feira, 31 de março de 2010

Sensiber - Simpósio Ibero Americano de Ciências Sensoriais - 19 a 21/08/10 em São Paulo

Gente, evento de ANALISE SENSORIAL!!! Eeeeeeeeeeeeee!!! Chiquérrimo e cheio de palestrantes internacionais, custa milhõõõões de dolares (400,00 p estudante! :-0 como assim, meu deus???). Maaaas, a quem interessar possa, dá para mandar resuminho (simples) até 30 de Junho de 2010 e não tem limite de quantidade de resumos por autor e todos aqueles blablablás chatos que fazem parecer que o evento só quer o nosso dinheirinho. Então galera, o negócio é produzir loucamente e mandar logo uns 10 de uma vez p valer o investimento! rsrsrsr Viva o Lattes!!! A carta deles:

Simpósio Ibero Americano de Ciências Sensoriais sob a organização da Embrapa e da ABCS - Associação Brasileira de Ciências Sensoriais que será realizado em São Paulo, de 19 a 21 de agosto de 2010. O primeiro Sensiber foi em 1996 (Campinas – SP, Brasil) e os eventos seguintes foram sediados em distintos países da América Latina. Este ano temos a honra de sediá-lo novamente no Brasil e esperamos atrair um grande público. Este importante evento visa a integração dos profissionais e estudantes da área de alimentos e bebidas, cosmética, higiene e demais segmentos que utilizam a análise sensorial como ferramenta para o desenvolvimento de produtos, controle de qualidade e marketing, permitindo ampla discussão e divulgação dos resultados de estudos desenvolvidos pelas universidades, institutos de pesquisa e empresas privadas.

quinta-feira, 25 de março de 2010

9º Congresso Paulista de Diabetes e Metabolismo - 13 a 15/05

Esse já não dá mais para mandar resumo, mas achei a programação bem interessante. Não é só aquele básico que a gente encontra em jornadas e eventos menores de nutrição, é bem mais aprofundado. Achei beeem legal! Vale a pena dar uma conferida na programação.

quarta-feira, 24 de março de 2010

Colóquio Educação Alimentação e Cultura - Ficha de inscrição e programação final‏

É isso aí, pessoas! Já falei desse evento, eu sei, mas agora tem toda a programação e ficha de inscrição! É DE GRAAAÇAAA!!! E a programação tá maneiríssima! Não dá pra faltar!

(ai, finalmente consegui o link! então tirei a ficha de inscrição daqui porque agora é direto no link! beeeejo pra vcs)

Verakis - Intercâmbios estudantis e profissionais

Gente, bafããão!!! Olha o que apareceu no meu e-mail!!! Pois é, como me descobriram é que não sei. Mas tudo bem, achei legal e vou divulgar porque pode interessar a alguém. Então é o seguinte: é uma "fundação" que oferece cursos e intercâmbios estudantis e profissionais para a área de nutrição na Europa (eles dizem "Europa", mas pelo que vi é só Espanha e França). Segue então o e-mail que me foi enviado:

A Verakis (Consultoria e Assessoria em Educação Internacional e Popularização da Ciência da Nutrição) e a CESMA (Escuela de Negócios de Madrid) vêm por meio desta convidar-lhe para participar do

II Curso de Especialização em Marketing de Alimentos, Vendas e Consumo no âmbito internacional,

Este curso destina-se aos profissionais da área de alimentos e/ou nutrição, àqueles que se preocupam com a saúde da população e que queiram estar antenados com o mercado de alimentos no âmbito internacional; aos que queiram inserir no mercado seu alimento único e original; aos que queiram integrar o do mercado de alimentos de maneira ética e responsável ou aos que querem aplicar algumas ferramentas de marketing no seu dia a dia.

Datas: De 05 e 30 de julho

Carga Horaria: 160 horas

Local: CESMA - Madrid - Espanha.

Os curriculos dos melhores alunos do curso são enviados diretamente à um banco de curriculuns de empresas multinacionais da area agro-alimentar.

Para maios informações você pode acessar a pagina http://www.verakis.com/conteudo.php?Id=2&idioma=pt&Conteudo=12 ou escrever para verakis@hotmail.fr

Não perca esta oportunidade!

Juliana T. Grazini dos Santos

Presidente Verakis

Contato: www.verakis.com

Contato França: +33 620796099

Contato Brasil: +55 11 81405996

(Carolina C. Sabbag)